quinta-feira, agosto 6, 2020
Polícia

Falso padre que aplicava golpes em nome da igreja do Cohatrac é preso na zona rural de São Luís

226views

Adeildo Santos já tem várias passagens em delegacias maranhenses e afirmou, em depoimento, que faz isso há vários anos e que, nos últimos três meses, deva ter faturado algo em torno de R$ 10 mil reais com essa prática criminosa.

Por Gilberto Lima

A Polícia Civil do Maranhão, por meio do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), prendeu, na manhã desta terça-feira (17), no bairro Coqueiro/Estiva, em São Luís, Adeildo Lima dos Santos, de 40 anos, conhecido como “Lima”, em cumprimento a Mandado de Prisão Preventiva expedido pela Central de Inquéritos e Custódia de São Luís. Ele é acusado de crime de estelionato, previsto no artigo 171 do CPB.

Adeildo Santos se passava por padre e pedia doações em seu nome e em nome da Paróquia do bairro Cohatrac. Várias pessoas da capital caíram no golpe. Ele pedia valores em espécie ou transferências bancárias alegando que era para uma futura reforma nas instalações da Igreja.

Adeildo Santos já tem várias passagens em delegacias maranhenses e afirmou, em depoimento, que faz isso há vários anos e que, nos últimos três meses, deva ter faturado algo em torno de R$ 10 mil reais com essa prática criminosa.

As investigações contra “Lima continuam a fim de identificar e localizar possíveis comparsas, visto que algumas das contas bancárias que receberam os valores não eram de sua propriedade.

Após procedimentos de praxe, o estelionatário foi encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde ficará à disposição da Justiça.

 

Preso na Assembleia Legislativa, em outubro deste ano, ao tentar aplicar golpe no deputado Roberto Costa

Adeildo Lima dos Santos  e o mototaxista Nelson Gabriel da Silva Filho foram presos, no dia 15 de outubro deste ano, quando tentavam aplicar golpe no deputado Roberto Costa (MDB). Eles estariam solicitando dinheiro em nome de um padre da Paróquia do bairro Cohatrac. A dupla foi detida dentro da Assembleia Legislativa do Maranhão.

Os assessores de Roberto Costa ficaram em dúvida sobre o assunto e chamaram a segurança do local.

Um deles ficou aguardando no estacionamento. “Segundo investigação preliminar, ele (Nelson Gabriel) teria sido orientado pelo comparsa, Adeildo Lima, que ficou do lado de fora da Assembleia, enquanto ele tratava com os assessores do parlamentar”, esclareceu o major Jocenildo Sousa.

Adeildo Lima tentou fugir da polícia, mas foi preso na Avenida Jerônimo de Albuquerque. Após as prisões, os suspeitos foram conduzidos até a 4ª Delegacia da Polícia Civil, no Vinhais, onde prestaram depoimento.

De acordo com informações da polícia, Nelson Gabriel e Adeildo Lima também são suspeitos de aplicar o mesmo golpe, recentemente, em um magistrado, no Fórum de São Luís.

Segundo a versão contada por Nelson Gabriel, Adeildo se passava pelo padre da paróquia do Cohatrac.

“O Adeildo me chamou para fazer uma corrida. Eu busqueiele em sua residência. Quando chegou na Assembleia, ele pediu para eu pegar esse dinheiro, que é a encomenda do padre, dizendo que não poderia entrar porque não estava vestido com calça. Eu fui lá e ele ficou me esperando fora”, disse o mototaxista em depoimento à polícia.

Adeildo confessou a prática do crime, tentando obter valores em nome do padre, mas diz que não se passou por ele. “Dessa vez eu errei. Eu pedi para ele pegar um dinheiro em nome do padre, mas não me passei pelo padre. Disse que eu era secretário do padre”, disse.

Tentativa de furto no Supermercado Mateus

Adeildo Santos foi preso no dia 21 de abril deste ano ao tentar subtrair alguns produtos do Supermercado Mateus, no bairro João Paulo, em São Luís.

Após a prisão, ele foi autuado em flagrante no plantão Itaqui-Bacanga, mas pagou uma fiança no valor de R$ 665,00 e foi colocado em liberdade.

Ele responde a processo na 6ª Vara Criminal por crime de tentativa de furto, incurso no art. 155, caput, c/c art.14 do CPB.

Leave a Response

Portal Geovane
Geovane Silva é um jornalista brasileiro da cidade de São Luís, capital do Maranhão. A sede do Portal Geovane Silva fica no Centro da cidade de Raposa-MA; Região Metropolitana da Capital. Fundador(es): Haroildo Carim Fundação: 01 de Março de 2016 (03 anos) Circulação: Estado do Maranhão.
error: Conteúdo não autorizado para cópias!!